A Música Nunca Acaba

Sintonize a melhor estação de rádio da internet ao vivo

Thalles Roberto fala sobre polêmicas na sua carreira: “Meu suicídio ministerial salvou minha família”

Em entrevista ao JesusCopy, o cantor e compositor mineiro Thalles Roberto faz uma retrospectiva de sua própria vida, contando detalhes sobre a infância, conversão e trajetória.

Atualmente, ele mora nos Estados Unidos com sua esposa Daniela Campos e os dois filhos. É pastor e líder de louvor na Lakewood Church, em Houston, no Texas.

No bate papo descontraído com Douglas Gonçalves, ele ressalta a importância da vida anônima. “Outro dia, Deus me disse algo muito importante. Nenhum ser humano nasceu para receber louvor ou ser idolatrado. Nós nascemos para dar louvor a Deus”, disse. E ressaltou que para “matar” uma pessoa, basta dar o louvor a ela, e adorá-la.

“Do barro ao avião particular”

Ao revelar sua vida simples, lembrou que ele e os irmãos comiam alimentos vencidos de supermercado. “Eu já tomei sorvete do lixo. E saí deste lugar, da casa humilde do meu pai, com menos de dois anos de convertido, para ser o artista mais relevante do país”, contou.

“Ninguém nasce preparado para sair do barro e ir para um avião particular. Ninguém, cara… Tive meu próprio piloto, ganhei milhões por mês fazendo cinco shows por dia”, continuou.

Thalles conta que viveu um período de muita pressão e que depois que “saiu da estrada” levou dois anos para assistir seus próprios vídeos. Ele reconheceu que precisou ser tratado novamente por Deus. “Foi lindo viver isso, ficar em silêncio e ser ministrado pelo Espírito Santo”, reconheceu.

Sobre as polêmicas

O cantor falou especificamente sobre o que aconteceu de 2015 até o dia de hoje. “As pessoas me perguntam porque eu disse certas coisas na época, que não deveriam ser ditas”, comentou.

Ele usa uma ilustração para explicar sua conduta. “O que acontece se você arrancar um cacto do deserto e replantar onde tem muita água? Ele não aguenta. Por isso, o homem natural dentro de mim precisou sacrificar o fenômeno”, disse.

Para Thalles, o “suicídio ministerial” cometido foi o motivo do resgate de sua própria salvação. “O que eu cometi naquele momento salvou meu casamento, meus filhos e a relação com os pastores que acreditavam em mim”, apontou.

“Para alguns é morte, para outros é ressurreição”

Ele resume sua história até aqui como uma oportunidade de estar de volta à vida com Deus. E deixa alguns conselhos para aqueles que estão trilhando como líderes ou trabalhando para o Reino. “A maneira como Deus te usa seduz as pessoas”, destacou.

E deixa o trecho de uma nova música para mostrar como devemos influenciar os outros ao nosso redor. “Eu quero ser uma carta, carta viva de Deus para o mundo. Que os homens leiam e se apaixonem por Ti. Escreve essa carta do seu jeito, apaga os meus rascunhos, eu aceito. O seu processo quero me tornar, carta viva de Deus”, cantou.

Segundo o cantor, quando pensou que era o fim, Deus escreveu uma página nova para continuar sua história. “Escrevo a sua vida do meu jeito, rasgo os seus rascunhos e defeitos. Você é um projeto meu, carta viva de Deus. Você era morte, eu sou vida. Você é o papel e eu a tinta”, finalizou.

FONTE: GUIAME

Eliane Fernandes lança videoclipe para a música “Tá Chorando Por Quê?”

A cantora Eliane Fernandes disponibilizou no YouTube para todo o público o videoclipe oficial do seu novo single “Tá Chorando Por Quê?”.

Escrita por Filipe Escandurras, a música foi gravada originalmente pelo grupo Preto no Branco, ganhando posteriormente versões nas vozes de outros nomes, como Amanda Wanessa, César Menotti e Fabiano, Ton Carfi, Paulo Neto e Mari Borges.

“Que Jesus possa falar com você através desta canção”, declarou a cantora.

Eliane se tornou um dos nomes mais conhecidos da música gospel no Brasil há alguns anos, após o sucesso da canção “Vai Passar” em várias rádios e igrejas do país.

Antes disso, a cantora já era popular em algumas regiões, com músicas como “A Presença”, “Outra Vez o Mar”, “Olha Eu Aqui” e “Meu Grande Herói”, tendo seu disco “A Cruz” figurando entre os mais vendidos nacionalmente do gênero gospel em seu ano de lançamento.

Assista abaixo ao videoclipe da música “Tá Chorando Por Quê?”, de Eliane Fernandes.

Fonte: News Gospel

Mateus Fabrício e Ana Ribas lançam nova música “Não Me Vejo Sozinho”

Diante das catastróficas notícias onde milhares de pessoas perderam suas vidas para o COVID-19, hospitais superlotados, economia abalada, somos desafiados a não temer e diariamente somos conclamados a não ficar temerosos e jamais perder a fé. E é neste cenário de incertezas que Mateus Fabrício, escolheu para lançar uma canção composta em 2018, com o propósito de trazer uma mensagem afim de renovar nossa Fé e Esperança em Deus.

“Essa música nasceu através de dois momentos marcantes que tive com Senhor. Tudo começou durante um devocional onde me deparei com a seguinte frase: “as vezes Deus NÃO nos livra da fornalha, mas na fornalha ele está conosco”. E teve um tempo que estava atravessando um momento difícil, e que precisava muito ouvir a voz de Deus. Foi quando em uma reunião de oração com meus amigos, Deus usou um deles para falar comigo, afirmando que Ele mesmo permitiu aquela situação na qual estava atravessando. Mas, toda via Ele estava comigo naquele momento. E de imediato eu me lembrei daquela frase do meu devocional, e ali mesmo debruçado sobre o banco da igreja compus os dois primeiros versos desta música” – relata Mateus Fabrício.

A faixa que conta com a participação especial da cantora Ana Ribas, que aceitou prontamente o convite para participar deste projeto, já está disponível nas plataformas digitais, além do videoclipe no YouTube.

“Eu me lembro que no término de uma Conferência em que estávamos ministrando, fui surpreendida com esse maravilhoso convite, me senti honrada pois Mateus Fabrício além de cantor, é um poeta que o Senhor tem levantado nessa geração. Meu coração saltou de alegria naquele momento. Quando recebi a guia da canção, Deus falou comigo. Me senti tão pertinho D’Ele, essa canção é um bálsamo do Senhor para nossos corações. Foi uma experiência única e incrível. Meu desejo e oração é que essa canção toque no fundo das nossas almas todas as vezes que ouvirmos, e que vidas sejam transformadas e consoladas” – afirma Ana Ribas.

O Projeto tem a direção artística de vídeo comandada por Marcos Martins. Já a produção musical e os arranjos ficaram a cargo de Igor Leandro. Ainda colaboraram com o projeto, o técnico de gravação Laerson Neto (Ana Ribas), e Luciano Vassão que que assinou a masterização.

“Tem ocasiões que Deus não nos livra das aflições, mas nas aflições Ele está conosco! Que através dela você possa lembrar de que Deus está sempre com você independentemente das adversidades, e que Ele nunca irá te deixar só, e que quando você estiver aflito Ele será um mar de paz pra você” – completa Mateus Fabrício.

Mateus Fabrício é natural de São Simão do Rio Preto, interior de Minas Gerais, tem 21 anos de idade e é membro da Assembleia De Deus, liderada pelo Pastor Jander Magalhães.

Em 2019, além de compor, Mateus Fabrício participou, ao lado de Lauriete, Camila Campos entre outros artistas, da gravação do single “Manchas de Dores” – uma homenagem aos sobreviventes do trágico rompimento da barragem da mineradora Vale, em Brumadinho (MG). Ainda, no mesmo ano, a convite da Banda Magnificart, gravou mais uma de suas canções autorais: “Graça”, um projeto que deu o pontapé inicial em sua jornada musical.

  • Confira o videoclipe “Não Me Vejo Sozinho” no YouTube:

Deezer reúne artistas no projeto Conexão Gospel; veja os primeiros feats

Estreou nesta terça-feira (1) na Deezer o projeto “Conexão Gospel”, que vai reunir, em encontros inéditos, artistas do segmento gospel e secular. Os primeiros duetos apresentados são dos cantores Gabriela Gomes e Felipe Araújo, na música inédita “Pode acreditar”, e dos cantores Eli Soares e Márcia Fellipe, na faixa “Ele pode, ele faz”.

Felipe Araújo comentou sobre o encontro com Gabriela Gomes: “Foi um imenso prazer cantar junto com a Gabriela Gomes, uma artista muito talentosa do segmento gospel, no projeto ‘Conexão Gospel’, da Deezer. Essa foi uma oportunidade incrível de compartilharmos nossas vozes na canção ‘Pode acreditar’”.

Gabriela também comemorou seu encontro com o cantor: “Fico muito feliz em fazer parte desse projeto junto com o Felipe Araújo. Em tempos difíceis, nos quais as circunstâncias gritam, o que nos resta é a fé. Se Deus falou, ele vai fazer; sua palavra é a nossa certeza! Sei que essa canção vai confortar o coração de muita gente, resgatar a fé e a confiança em Deus”, disse a cantora.

Eli Soares e Márcia Fellipe comemoraram o dueto inédito. “Adorei ter esse encontro musical com o Eli Soares na canção ‘Ele pode, ele faz’. O Eli é um cantor extremamente talentoso e sensível. Agradeço muito ao projeto Conexão Gospel, da Deezer, por ter nos proporcionado essa saborosa experiência”, disse a cantora. 

Eli Soares também falou sobre a colaboração: “Pensa alguém que está muito feliz em poder compartilhar um pouquinho com vocês como foi participar do ‘Conexão Gospel’. Que honra! Tenho certeza de que esse projeto nasceu no coração de Deus. Nesse tempo tão difícil em que todos nós estamos vivendo, um projeto como esse é instrumento de Deus para levar vida. É assim que vejo esse projeto. A parceria com a Márcia Fellipe foi algo muito lindo! Ela é uma mulher de Deus e com um talento incrível. Tenho certeza de que a música ‘Ele pode, ele faz’ irá falar aos corações. Obrigado por tudo, Márcia!”.

Ouça:

MK contrata amiga e possível “sucessora” de Amanda Wanessa

A MK Music anunciou, no início da tarde desta quarta-feira (2), a mais nova integrante do seu cast de cantoras.

A nova contratada da gravadora é a cantora gospel baiana Eurice Diniz, uma jovem promessa da música cristã que já é fenômeno no YouTube.

Eurice é amiga de Amanda Wanessa, e tem o mesmo estilo musical do que o dela. Os seus clipes no Youtube seguem a mesma linha do que Amanda fazia: alguns covers com piano e voz.

Além disso, a cantora segue à risca a linha pentecostal, e irá representar a gravadora no seguimento que não perdeu seu público com a chegada do worship.

No momento da assinatura do contrato, a artista estava acompanhada do seu esposo e produtor Fabio Vila Nova, e também da herdeira da MK, a ex-cantora gospel e empresária Marina de Oliveira.

No perfil oficial da gravadora, o comunicado diz assim: “E vem da Bahia a nova contratada @mkmusicbrasil Uau. A jovem @euricedinizoficial chega com a força do louvor pentecostal para sacudir nossos corações! Podemos ouvir um amém? 😀 Bem-vinda!! Que Deus abençoe tremendamente este ministério e mais vidas sejam ministradas através de sua voz! “

A cantora Eurice Diniz é mais uma representante do Nordeste na MK, que já tem a talentosíssima Sarah Farias, de Alagoas, e a pernambucana Amanda Wanessa que se recupera do acidente de carro que sofreu no dia 4 de janeiro deste ano.

Eurice Diniz e Amanda Wanessa (Reprodução)


Fonte; Fuxico Gospel

André e Felipe lançam “Prossiga”, com participação de Midian Lima

André e Felipe, uma das maiores duplas do segmento cristão, apresenta ao público a bela e forte canção “Prossiga” com a participação da cantora Midian Lima. O selo é da gravadora Uni Records. Composição de André, Felipe e Matheus Pereira, a música traz uma mensagem de fé, coragem e perseverança sob a certeza do cuidado e do agir de Deus.

Midian Lima é uma cantora cujo trabalho há muito é apreciado pela dupla. André e Felipe lhe mostraram duas músicas, mas foi com “Prossiga” que ela se identificou mais e quis fazer o feat.

Felipe conta que “Prossiga” os tocou muito porque é um retrato, um relato da própria história deles.

“O processo de produção desse single foi muito especial, pois tivemos participação muito ativa na criação, desde a guia para deixar no estúdio até um palpite de uma guitarra, de um violão, a execução da bateria. O fato de o estúdio ser do Ed Oliver, responsável pelos arranjos, quem assinou o projeto e toda a parte musical do projeto, deixou-nos muito à vontade”, relata o cantor.

O videoclipe de “Prossiga” foi gravado no Bourbon Atibaia Resort, em São Paulo. E quem assina a produção é a renomada produtora Porqueeu Filmes, de Gabriel Braga, que grava para grandes artistas, como Jorge & Mateus, Luan Santana, Marília Mendonça entre outros.

Sobre “prosseguir”, os irmãos paranaenses relembram uma experiência que tiveram no início da carreira. Na época, foi preciso muita fé e persistência para vencerem a barreira do “não tem jeito”. De família simples, muito jovens ainda, eles não tinham condições financeiras para gravar o primeiro CD.

“Não tínhamos como realizar nosso sonho. Mas, com a certeza de uma fé consciente, nosso pai nos disse: ‘Nós servimos ao Deus que é o dono do ouro e da prata, Ele pode realizar o desejo do coração de vocês’. Então, ele nos propôs uma campanha de 21 sábados de oração no monte. Depois desses 21 sábados, Deus nos respondeu por meio de um casal de empresários que bancou toda a gravação do nosso CD”, relembram com alegria.

Assista: